3

Analisando Letra: Menino do Rio - Baby Consuelo


Aos caros leitores Rebobinantes, nosso tradicional olá. Beleza galera?

Bom, hoje vamos analisar um clássico da nossa MPB, a musica “Menino do Rio”. Composta por Caetano Veloso, com arranjos de Pepeu Gomes e interpretação de Baby Consuelo, a composição é uma das musicas mais emblemáticas da década de 80.

A música fez parte do segundo disco solo de Baby, chamado “Pra Enlouquecer”. Não ha muito o que ser analisado, pois a letra é de fácil compreensão, mas a história por trás da musica é o que mais nos chamou a atenção.

Baby Consuelo em uma entrevista ao Canal Bis fala sobre a composição da musica:


BABY:  Menino do Rio foi o seguinte: - Eu estava gravando aquele CD, "Pra enlouquecer", com aquelas crianças todas na capa né... E eu falei, poxa, queria tanto cantar uma musica do Caetano ia ser tão maravilhoso. E de repente eu me encontro com o Caetano, e eu comentei.
- Quero cantar uma musica sua.
Na noite seguinte, o Petit que era o famoso Menino do Rio, amigo de todos nós, foi na casa do Caetano, todo mundo batendo um papo e o Caetano se inspirou e fez a musica.

Muso inspirador da emblemática música "Menino do Rio" de Caetano Veloso imortalizada na voz de Baby Consuelo, como ela mesma declarou, José Artur Machado, o Petit, marcou época no Rio. Criado em Ipanema ele era um dos surfistas mais talentosos dos primórdios do esporte no Brasildos anos 70. De prancha emprestada ele arrebentava nas ondas do Arpoador. Seu jeito descompromissado com a vida, o corpo escultural e o sorriso aberto inspiraram Caetano, que compôs pra ele a música tema da novela Água Viva, que teve em Baby Consuelo sua melhor intérprete.


MENINO DO RIO - Caetano Veloso 


"Menino do Rio
Calor que provoca arrepio
Dragão tatuado no braço
Calção, corpo aberto no espaço
Coração
De eterno flerte
Adoro ver-te
Menino vadio
Tensão flutuante do Rio
Eu canto pra Deus proteger-te".


O “coração de eterno flerte” é uma metáfora riquíssima, Petit flertou o tempo todo com a vida, praticante de artes marciais, modelo nas horas vagas entre uma onda e outra. Ele vestiu como poucos o slogan da geração saúde, com o corpo aberto no espaço, sempre bronzeado pelo sol carioca.

A rebeldia de Petit, sua falta de vontade para levar o esporte a sério, incapaz de ir, por exemplo, ao Havaí para surfar, também estão retratadas na música de Caetano, que escreveu na segunda parte:"O Havaí


Seja aqui
O que tu sonhares
Todos os lugares
As ondas dos mares
Pois quando eu te vejo
Eu desejo o teu desejo".


E encerrando:

"Menino do Rio
Calor que provoca arrepio
Tome essa canção como um beijo"


A HISTÓRIA


 Petit e Baby


Alguns antigos surfistas de Ipanema lembram que, no começo dos anos 70, Gilberto Gil, Caetano Veloso e Gal Costa desfilavam entre os frequentadores da praia do píer. "Mas quando os baianos chegaram, já estávamos em Ipanema desde o primeiro dia de criação do mundo", acrescentam outros, orgulhosos de serem nascidos e criados na área do menino do Rio.

Tide ( amigo de Petit ) revela que Petit e Caetano se conheceram nas areias de Ipanema, ficaram amigos e Petit passou a frequentar a casa de Caetano. "A amizade dos dois foi uma das coisas mais bonitas que já vi", diz ele. Caetano Veloso compôs Menino do Rio em 1979, depois de passar uma noite toda conversando com Petit e com o lutador Rélson Gracie, com quem o menino tinha aulas de jiu-jitsu.

                   Petit no pier de Ipanema

No começo dos anos 70, Petit era o símbolo de uma geração de jovens bronzeados, surfistas da praia de Ipanema, zona sul do Rio de Janeiro, que usavam parafina para tornar as pranchas menos escorregadias e dourar os cabelos compridos. Livre, solto, sem outro compromisso com a vida senão viver.

O “coração de eterno flerte” é uma metáfora riquíssima, Petit flertou o tempo todo com a vida, praticante de artes marciais, modelo nas horas vagas entre uma onda e outra. Ele vestiu como poucos o slogan da geração saúde, com o corpo aberto no espaço, sempre bronzeado pelo sol carioca.

Peti o Menino do Rio campeonato de surf 1977

O que aconteceu com o “menino do Rio”?

Petit adorou a canção, mas não se mascarou, o comportamento continuou o mesmo: rebelde, pagando pra ver, engravidando as meninas douradas de Ipanema (ao todo ele teve três filhos) e chegou a se viciar em pílulas para dormir e cocaína, revezando entre as carreiras e as cartelas.

Na madrugada de 29 de agosto de 1987, na garupa da moto de um amigo, Petit sofreu um acidente. A violenta pancada da cabeça contra o asfalto o deixou em coma por 40 dias. Ele sobreviveu, mas com o lado direito do corpo, rosto e boca paralisados.

Uma pessoa comum talvez conseguisse driblar o drama, mas não o “talentoso Petit”, como a ele se referem os amigos. Nessas condições, a vida se tornou insuportável para ele, inválido e recluso em seu apartamento, longe do mar que tanto amava, após uma vida toda acostumado a viver intensamente, ao Sol, a praia, os esportes, as meninas, etc…

Por trás daquele homem alegre e brincalhão, de pele dourada, 1,80m, loiro, olhos verdes e físico forte, havia uma criança indefesa que nunca chegaria a se tornar adulta. Quase dois anos depois, na tarde de 7 de março de 1989, aos 32 anos, Petit, o eterno menino do Rio, desistiu de sua vida. Trancou-se em seu apartamento e se enforcou com a faixa de seu quimono de jiu-jitsu. O peso da depressão, do isolamento de tudo e de todos foi uma carga demasiadamente pesada para que ele pudesse suportar.

Abaixo você confere a canção na voz de Baby Consuelo no Fantástico em 1980.


Fonte (Revista TripMiniluaBIS)

3 Comentários:

Milene Lima rebobinou e disse...

Jamais havia ouvido falar na história dessa canção e fiquei extasiada. Que lindo! Que triste! Daria um filme lindo, né?

Abraços, Marcos.

Adriana Helena rebobinou e disse...

Olá amigo, como vai?
Nossa, faz muito tempo que não ouvia essa canção e ela é maravilhosa!
Baby Consuelo com sua voz suave....
Sua análise ficou perfeita, decifrou os poucos enigmas que a continham...
Absolutamente perfeita!
Realmente a história daria um filme lindo!
Pena que o final foi tão trágico...

Adorei passar por aqui depois de tanto tempo!
O blog mantém-se impecável! Parabéns!!
Abraços e uma semana maravilhosa! :)))))

Charles Chaar rebobinou e disse...

Sim. Um super filme

Postar um comentário

REGRAS DO BLOG
- Todos os comentários são moderados e só ficarão disponíveis após serem aprovados.

SERÃO BLOQUEADOS OU APAGADOS AQUELES COMENTÁRIOS QUE CONSISTAM EM:
- Ofensas, grosserias e discordâncias desrespeitosas contra o autor do blog, ou outros comentaristas;
- Comentários com o objetivo exclusivo de perturbar (trollagens, provocações e bullying virtual)
- Comentários sem relação alguma com o conteúdo;
- Comentários duplicados;
- Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa, grupo de pessoas e instituições;
- Pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;
- Propagandas políticas, religiosas, de produtos e serviços.
- Comentários que caracterizem prática de spam;

 
no-repit center;